sábado, 4 de novembro de 2017

Cenas de Um Casamento



"O amor humano é imperfeito", diz o marido, personagem de “Cenas de Um Casamento”, filme do consagrado diretor sueco Ingmar Bergman, para sua “exposa”.

- Uau!, baixa o pano, ou melhor, corta!!!

- Nossa, definitivamente…

O Amor, tão cantado em prosa e veso… é imperfeito?!!!

- Como eu te detestava, depois do amor… - prossegue impensadamente o marido para a "exposa" exemplar.

Ao assistir o filme (de novo), ocorreu-me que o casamento é filmado por alguém que passou por ele - e pelo divórcio.

Não é pouco, quando se trata de Ingmar Bergman,,,

O Amor é imperfeito, o Ódio é a sombra de um casamento – antecipa a esposa - mas o que Bergman transmite com inigualável maestria é que ele, o Amor, é inefável…



Porto Alegre, 5 de novembro de 2017.

Foto: Cenas de Um Casamento

Edu Cezimbra