quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Entrevista com o Corpo




- Precisamos ter uma "conversinha"...

- Qual é a bronca, meu corpo?

- Viu a fraqueza das minhas pernas ontem, depois de subir as escadas?

- Vi, fiquei preocupado...

- E as nossas caminhadas?

- Temos que voltar a caminhar, logo...

- Não adianta concordar e depois deixar pra lá!

- Ok, ok, vou me programar para isso...

- E, hoje de manhã, este dia lindo, e você com dificuldade de me levantar!

- É que fomos deitar tarde, ontem à noite...

- Sei... mas porquê não deita mais cedo, então?

- Também vou começar a fazer isso, prometo... mais alguma reclamação, meu 
corpo?

- E essa barriga, parece um barril de chope!

- Não precisa ofender, né... Por enquanto vamos continuar com a barriguinha, sabe como é, trabalho sedentário...

- Tá legal, mas eu sinto na carne tudo isso, isso é, na gordura! Chega uma hora que eu estouro!

- Sei, não é fácil te carregar por aí...


Eu vou deitar mais cedo, acordar mais cedo, caminhar e comer menos.”



Edu Cezimbra, "foi lá por 98"