sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Ensinamentos da natureza


Um dia primeiro de janeiro, feriado, em que aproveitei o ar fresco e o céu nublado para manejar o bambuzal no terreno de morro aqui de casa. 

Enxada não resolve, a remoção das raízes de bambu tem de ser com a picareta mesmo. 

Enquanto arrancava alguns brotos de bambu para permitir espaço para as mudas de arvores nativas que brotaram no morro dei-me conta de que algumas mudas cresciam junto com as raízes e que se eu as arrancasse viriam junto as mudinhas de arvores. 

E, também na vida, temos que saber ir manejando nossas raízes para que possamos permitir o surgimento de mudanças. 

Foi um bom ensinamento da natureza para o ano que se inicia!

Além de remover as raízes com cuidado, necessário se faz possibilitar a insolação para o crescimento das mudinhas de árvores nativas que as folhas de bambus altos impedem.

Um outro ensinamento da natureza que se pode tirar do manejo de um bambuzal: quando os grandes ideais que surgem de nossas raízes fazem sombra demais impossibilitam que as mudanças aconteçam.

Edu Cezimbra, verão de 2016.