terça-feira, 25 de outubro de 2016

João e Maria pós-moderno



Au...au...au… imitou João.

Miau...miau… correspondeu Maria.

Entre latidos e miados, rosnados e ronronares, João e Maria brincavam de cão e gata.

Fiu...fiu… cantou João.

Cocorocó… debochou Maria.

E, assim, entre trinados e cacarejos, assobios e onomatopéias, representavam alegre e inocentemente seus papéis sexuais.

E, enquanto imitavam animais domésticos, sem perceber, afastaram-se de suas casas e adentraram na floresta…

Perdidos, pois os passarinhos tinham comido seus pedacinhos de doritos, subiram em uma árvore para tentarem se orientar.

Mim Tarzan, sugeriu João.

E, eu, a Virgem, defendeu-se Maria.

Prosseguiram a caminhada, em meio a uma desmatada floresta, quando se depararam com uma feericamente iluminada ...fantástica fábrica de chocolate.

E a casa de doces?

Ora essa, não desconfias? - a bruxa malvada tinha se associado com o Wonka, e como empreendedores de visão tinham aberto, ao lado, uma fábrica de medicamentos contra a diabetes.
 

João e Maria, devido aos traços arianos, foram imediatamente contratados como atores de comerciais da fábrica de chocolates. Não voltaram para casa, atualmente moram em Hollywood.

Moral da História: não tem...


Porto Alegre, 25 de outubro de 2016.
Foto: João e Maria , Vogue
 Edu Cezimbra