sábado, 2 de abril de 2016

Barco do Amor


Singro mar calmo

Teus seios apetecem

Sugo-os com prazer

Me entrego ao sonho


Desperto teu amor

Com beijos molhados

Marco teu pescoço

Me sinto teu barco


Aprendo teu caminho

Através da minha língua

Lânguida viagem

        Alço voo


"Foi lá por 85"

Edu Cezimbra